Serviço Social

Introdução

O curso de Bacharelado em Serviço Social da Faculdade Montes Belos iniciou suas atividades em 05/02/2018. Desde então confirmou seu compromisso satisfatório com a qualidade do ensino. Todas as exigências e padrões de qualidades estabelecidos pelo MEC são atendidos como estrutura, qualidade de ensino, corpo docente qualificado e alunos bem preparados para o mercado de trabalho.

Sobre o curso

 Objetivo Geral

Formar um profissional – Assistente Social capaz de apreender o significado social e histórico da profissão e intervir de forma crítica e qualificada, nos espaços de atuação profissional, com fundamentação teórico-metodológica e posicionamento ético-político de acordo com a Regulamentação da Profissão (Lei Nº 8.662/93) e com o Código de Ética do Assistente Social (Resolução CFESS – 273/93).

Objetivos Específicos

Para que o objetivo geral seja atingido, foram delineados os seguintes objetivos específicos para o curso:

São objetivos do Curso de Bacharelado em Serviço Social da FMB:

  • Possibilitar a compreensão da profissão enquanto especialização do trabalho coletivo inserido na divisão social e técnica do trabalho.
  • Exercício do pluralismo como elemento próprio da vida acadêmica e

Profissional.

  • Compreensão da ética como princípio que perpassa toda a formação

Profissional.

Perfil Profissional do Egresso

O Curso de Graduação em Serviço Social tem como perfil do formando egresso/profissional assistente social, com formação generalista, humanista, crítica e reflexiva, capacitado a absorver e desenvolver novas tecnologias, estimulando a sua atuação crítica e criativa na identificação e resolução de problemas, considerando seus aspectos políticos, econômicos, sociais, ambientais e culturais, com visão ética e humanística, em atendimento às demandas da sociedade.

A partir do programa acadêmico, o egresso estará capacitado a identificar os princípios básicos que designara as demandas sociais no campo de atuação do Serviço Social, buscando a fazer análise da sociedade e compor os diferentes espaços ocupacionais de atuação profissional .

Tais competências adquiridas, conjugadas à um espírito proativo, sinalizam para a possibilidade de se extrapolar fronteiras de trabalhos convencionais, o que pode ser conseguido conduzindo-se pesquisas numéricas e/ou experimentais, quando deparando-se com situações diferenciadas. Por outro lado, nas situações convencionais, a formação permite o aperfeiçoamento de técnicas e a manutenção de elevados padrões de qualidade. De qualquer forma, a partir desse perfil adquirido por uma sólida formação acadêmica generalista, o egresso, atuando de forma individual ou corporativa, poderá almejar a proposição de soluções particulares e até inovadoras, sempre adequadas às realidades e condicionantes espaciais, econômicas e temporais.

Desta forma O curso de Serviço Social tem como objetivo uma formação generalista de seus profissionais buscando capacitar o assistente social para atuar nas diversas áreas, à saber: Saúde, Educação, Habitação, Previdência Social, Meio Ambiente.

O presente perfil é adequado à realidade socioeconômica de São Luís de Montes Belos e da região em que o município está inserido, pois, além da concepção de um currículo generalista e dos conteúdos que são próprias ao cursos de Serviço Social, pôde contemplar também necessidades peculiares através da oferta de disciplinas eletivas.

Almeja-se também que o egresso busque a educação continuada aos seus estudos. Para tanto, a Faculdade Montes Belos oferece cursos de pós-graduação em várias áreas.

Habilidades e Competências

A profissão de Assistente Social é fiscalizada pelo Conselho Regional de Serviço Social (CRESS) e suas competências e atribuições são definidas pelo Conselho Federal de Serviço Social (CFESS), definidas e regulamentadas nas Diretrizes Curriculares 1999. O Assistente Social devera ter uma capacitação teórico metodológica e ético-política, como requisito fundamental para o exercício de suas atividades técnico-operativas, visão crítica da realidade dos numa perspectiva de totalidade, identificação das demandas sociais para traçar estratégias de enfrentamento a questão social local, regional. Esse profissional também sua intervenção profissional nas diversas políticas sociais, implantação de planos, programas e projetos sociais na área pública e privada, realiza pesquisa para definir e viabilizar ações profissionais. O campo de atuação profissional abrange empresas públicas e privadas, assessoria, consultoria em administração pública, empresas privadas e movimentos sociais em matéria relacionada às políticas sociais, empresas não governamentais, instituições de ensino superior e de pesquisa, públicas ou privadas. Realiza ainda supervisão direta de estágios, realiza visitas, pericias técnicas, laudo e informações sobre o Serviço Social.

Competências Gerais

Acolhendo a Lei de Regulamentação da Profissão (Resolução CNE/CES 8662/1993), o Curso de Serviço Social da FMB tem por objetivo dotar o profissional dos conhecimentos requeridos para o exercício das seguintes competências e habilidades gerais:

I – elaborar, implementar, executar e avaliar políticas sociais junto a órgãos da administração pública, direta ou indireta, empresas, entidades e organizações populares;

II – elaborar, coordenar, executar e avaliar planos, programas e projetos que sejam do âmbito de atuação do Serviço Social com participação da sociedade civil;

III – encaminhar providências, e prestar orientação social a indivíduos, grupos e à população;

IV – (Vetado);

V – orientar indivíduos e grupos de diferentes segmentos sociais no sentido de identificar recursos e de fazer uso dos mesmos no atendimento e na defesa de seus direitos;

VI – planejar, organizar e administrar benefícios e Serviços Sociais;

VII – planejar, executar e avaliar pesquisas que possam contribuir para a análise da realidade social e para subsidiar ações profissionais;

VIII – prestar assessoria e consultoria a órgãos da administração pública direta e indireta, empresas privadas e outras entidades, com relação às matérias relacionadas no inciso II deste artigo;

IX – prestar assessoria e apoio aos movimentos sociais em matéria relacionada às políticas sociais, no exercício e na defesa dos direitos civis, políticos e sociais da coletividade;

X – planejamento, organização e administração de Serviços Sociais e de Unidade de Serviço Social;

XI – realizar estudos socioeconômicos com os usuários para fins de benefícios e serviços sociais junto a órgãos da administração pública direta e indireta, empresas privadas e outras entidades.

Competências Específicas

As competências especificas a serem desenvolvidas são constituídas pelas atribuições privativas do Assistente Social. Serão apreendidas ao longo do curso como exercer as habilidades:

 I – coordenar, elaborar, executar, supervisionar e avaliar estudos, pesquisas, planos, programas e projetos na área de Serviço Social;

II – planejar, organizar e administrar programas e projetos em Unidade de Serviço Social;

III – assessoria e consultoria e órgãos da Administração Pública direta e indireta, empresas privadas e outras entidades, em matéria de Serviço Social;

IV – realizar vistorias, perícias técnicas, laudos periciais, informações e pareceres sobre a matéria de Serviço Social;

V – assumir, no magistério de Serviço Social tanto a nível de graduação como pós-graduação, disciplinas e funções que exijam conhecimentos próprios e adquiridos em curso de formação regular;

VI – treinamento, avaliação e supervisão direta de estagiários de Serviço Social;

VII – dirigir e coordenar Unidades de Ensino e Cursos de Serviço Social, de graduação e pós-graduação;

VIII – dirigir e coordenar associações, núcleos, centros de estudo e de pesquisa em Serviço Social;

IX – elaborar provas, presidir e compor bancas de exames e comissões julgadoras de concursos ou outras formas de seleção para Assistentes Sociais, ou onde sejam aferidos conhecimentos inerentes ao Serviço Social;

X – coordenar seminários, encontros, congressos e eventos assemelhados sobre assuntos de Serviço Social;

XI – fiscalizar o exercício profissional através dos Conselhos Federais e Regionais;

XII – dirigir serviços técnicos de Serviço Social em entidades públicas ou privadas;

XIII – ocupar cargos e funções de direção e fiscalização da gestão financeira em órgãos e entidades representativas da categoria profissional.

Atribuições no Mercado de Trabalho

O Curso de Serviço Social na atualidade apresenta vários espaços ocupacionais como campo de atuação, sendo relevante o debate nas redefinições das políticas sociais. O profissional de Serviço Social formado pela Faculdade Montes Belos, além exercer sua profissão como profissional liberal, ainda terá, como opções, concursos, para a Saúde, Assistência Social, Previdência Social, Educação, Magistério, dentre tantas outras oportunidades. O Curso de Serviço Social da Faculdade Montes Belos, busca inserir no mercado de trabalho, profissionais com capacidade de analisar as questões sociais oriundas do sistema capitalista.

  • Denominação do Curso: Serviço Social

    Habilitação: Assistente Social

    Modalidade: Educação Presencial

    Grau: Bacharelado

    Vagas Anuais: 100

    Periodicidade: Semestral

    Regime de Ingresso: Semestral

    Regime de Matrícula: Semestral

    Integralização Mínima: 4 anos

    Integralização Máxima: 8 anos e meio

    Carga Horária do Curso: 3.290 horas

    Carga Horária do Estágio Curricular Supervisionado: 450 horas

    Carga Horária do Trabalho de Conclusão de Curso: 120 horas

    Turno de Funcionamento: Integral, Matutino e Noturno

    Conceito do Curso: 03/2016

    Coordenador do Curso: 

     E-mail: servicosocial@fmb.edu.br

     

    Coordenador de Trabalho de Conclusão de Curso:

    E-mail: servicosocial@fmb.edu.br

     

    Coordenador de Estágio Curricular Supervisionado:

    E-mail: servicosocial@fmb.edu.br

     

    Diretor Acadêmico: 

    E-mail: direcaoacademica@fmb.edu.br

  • Portaria de Autorização: n° 685 de 07 de setembro de 2017.